Boletim Diário

08/06/2022

Mercado externo

Em sessão volátil, soja encerra em alta

• Os preços dos contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) encerraram a sessão volátil dessa terça-feira em alta, recebendo suporte da firmeza dos preços da soja no mercado à vista dos EUA e ganhos no mercado do milho.

• O Departamento de Censo dos EUA confirmou que as exportações de soja do país em março alcançaram 3,65 milhões de toneladas, 15% a mais do que fevereiro e 164% acima do mesmo período do ano passado.

Mercado Interno

Soja sobe, mas liquidez segue abaixo da média

• Dia de generalizadas altas no mercado brasileiro de soja, seguindo o impulso recebido dos papéis de Chicago e, sobretudo, da taxa de câmbio.

• Apesar do ambiente altista, poucos negócios foram registrados, visto que na maioria das localidades os referenciais continuam acima da paridade de exportação, reflexo do aperto gradual dos estoques nacionais.

• Enquanto isso, paralelamente, os preços do farelo vão derretendo, tornando-se ainda mais atrativos ao demandante internacional e aumentando as chances de novos ajustes positivos em nossa projeção de exportações para o produto.

Dólar

Taxa de câmbio dispara nesta terça-feira

• A divisa norte-americana apresentou forte alta em relação ao real nesta terça-feira, impulsionada pelo risco fiscal no Brasil e continuidade do alinhamento de expectativas quanto ao resultado do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) dos EUA, a ser divulgado na sexta-feira.

• O grande fator de precificação do dia foi a declaração do presidente, Jair Bolsonaro, sobre a disposição do governo em ressarcir os estados para que se retire a cobrança do ICMS sobre o diesel e gás. A despeito do alívio da inflação, o mercado teme a pressão sobre o Tesouro e a elevação da taxa de câmbio.

• No exterior, o dólar se apreciou em relação as moedas mais líquidas do mundo, com os investidores se antecipando aos dados de inflação nos EUA. O consenso para o crescimento do indicador no país em maio é de 0,7%.

Comentários

• Apesar da queda em relação ao pico de 2022, os preços à vista da soja na Argentina estão em níveis recordes para maio (cerca de US$ 420/tonelada).

• Além do exposto, a aproximação do final da colheita deve estimular a disposição dos produtores locais de negociar nos próximos meses.

• No entanto, a deterioração das margens de esmagamento continua sendo um obstáculo para o setor na Argentina e representa um risco negativo para nossa premissa de 39 milhões de toneladas para o processamento na temporada 2021/22.

Preços Agropan

Soja R$ Soja US$ Milho R$ Milho US$ Dólar

181,00 37,14 82,00 16,83 4,8740

Preço trigo

PH 78 acima 75 a 77,99 72 a 74,99 65 A 71

R$/60kg. 110,00 104,00 84,00 71,60

As opiniões contidas neste relatório são pessoais e não representam em hipótese alguma recomendação para compra e/ou venda de contratos nos mercados futuros e/ou físico.

Boas informações produzem bons negócios

Volfe Umberto Gobbato

Gerente Geral

MATRIZ

Tupanciretã - RS

Av. Padre Roque Gonzales, S/Nº, 98170-000

agropan@agropan.coop.br

55 3272-8900


Desenvolvido por BRSIS