Boletim Diário

05/02/2024

DÓLAR À VISTA FECHA A R$ 4,9683, EM ALTA DE 1,07%

AGRO NEWS

SOJA: CHICAGO FECHA EM QUEDA COM A VALORIZAÇÃO DO DÓLAR ANTE O REAL

Os futuros de soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) fecharam em baixa nesta sexta-feira, pressionados pela valorização do dólar ante o real, que tende a estimular as exportações brasileiras. A moeda norte-americana subiu depois dos números do relatório de empregos dos Estados Unidos, que devem levar o banco central dos país (Fed, na sigla em inglês) a postergar o início da flexibilização da política monetária neste ano. O vencimento março da oleaginosa caiu 14,75 cents (1,23%), para US$ 11,8850 por bushel.

"A demanda de exportação para commodities dos EUA está fraca, e o aumento de hoje no dólar não ajudará", afirmou Arlan Suderman, da StoneX. As vendas de soja reportadas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) ontem, abrangendo os anos de comercialização 2023/24 e 2024/25, somaram apenas 165,8 mil toneladas, incluindo a redução de 407,4 mil toneladas em vendas previamente anunciadas para destinos desconhecidos em 2023/24.

Nesta época do ano os Estados Unidos estão entrando em sua entressafra, que coincide com a chegada da safra brasileira.

O forte recuo do petróleo também pesou sobre as cotações, pois faz com que as refinarias tenham menos incentivos para misturar o biodiesel ao diesel. O óleo de soja recuou 87 pontos e terminou 44,73 cents/lb.
Além disso, a oleaginosa vem sofrendo pressão do avanço da colheita do Brasil, que atrai a demanda da China com a entrada de novos grãos no circuito comercial, disse a consultoria agrícola Granar.

As perdas podem ser limitadas pelo clima seco e quente da Argentina, que causa preocupações. "Vale lembrar que a Argentina tem protagonismo na atual campanha, visto que o mercado espera que ela compense as perdas projetadas para o Brasil", escreveu a Granar. As exportações da safra brasileira devem ser de 93 milhões de toneladas, segundo a StoneX, e de 96,5 milhões de toneladas, para a Céleres.

Veja como ficaram os principais contratos de soja e derivados na CBOT:


COTAÇÕES DO COMPLEXO SOJA NA BOLSA DE CHICAGO

GRÃO

FARELO

ÓLEO

US$/bushel

cents

US$/t

US$

(cents/libra)

pontos

Mar/24

11,8850

-14,75

Mar/24

356,80

-4,90

Mar/24

44,73

-87

Mai/24

11,9825

-15,50

Mai/24

353,00

-4,20

Mai/24

45,22

-86

Jul/24

12,0825

-15,50

Jul/24

356,30

-4,00

Jul/24

45,50

-83

Ago/24

11,9875

-15,25

Ago/24

356,80

-3,90

Ago/24

45,32

-79


CBOT/Agência Estado


Preços Agropan

Preços válidos das 9:10h às 12h

Soja R$

Soja US$

Milho R$

Trigo

PH 78

Dólar

111,00

22,34

51,00

62,00

4,9683

As opiniões contidas neste relatório são pessoais e não representam em hipótese alguma recomendação para compra e/ou venda de contratos nos mercados futuros e/ou físico.

MATRIZ

Tupanciretã - RS

Av. Padre Roque Gonzales, S/Nº, 98170-000

agropan@agropan.coop.br

55 3272-8900


Desenvolvido por BRSIS