COLHEITA DE MILHO ATINGE 41% DA ÁREA; SOJA SE DESENVOLVE, BEM MAS FERRUGEM PREOCUPA

02/02/2024

A colheita de milho no Rio Grande do Sul atinge 41% da área, segundo a Emater. Os trabalhos são favorecidos pelo clima quente e seco, que garantem a retirada do produto com a umidade dos grãos dentro dos padrões ideais de corte, ou seja, abaixo de 18%. Seguindo a empresa, a produtividade das lavouras continua variando bastante. "Além dos problemas relacionados ao excesso de umidade durante o desenvolvimento do milho, muitos produtores mencionam que as espigas estão pequenas e apresentam falhas significativas relacionadas a problemas na polinização. Nas áreas mais afetadas por doenças e pragas de difícil controle, as perdas são expressivas, incluindo dificuldades no recolhimento das espigas em função do tombamento das plantas", disse a Emater.

As lavouras de soja do Estado se desenvolvem bem, segundo a Emater. Na região oeste do Estado, focos de ferrugem asiática preocupam os produtores que têm lavouras mais adiantadas, informou em relatório sobre a safra.

Quanto ao arroz, dias ensolarados favorecem o desenvolvimento da cultura. "A baixa umidade relativa beneficiou a sanidade das lavouras, estabelecendo condições propícias para seu desenvolvimento. Apesar das condições consideradas favoráveis, observou-se intensa atividade de aeronaves agrícolas, dedicadas à aplicação de fertilizantes nitrogenados e, principalmente, à pulverização de fungicidas para a proteção da cultura contra doenças foliares e de panícula", disse a Emater.


Fonte: broadCast Agro

http://broadcast.com.br/cadernos/agro/?id=VHRMbStX...

MATRIZ

Tupanciretã - RS

Av. Padre Roque Gonzales, S/Nº, 98170-000

agropan@agropan.coop.br

55 3272-8900


Desenvolvido por BRSIS